Nossos Impulsos

31 05 2012

Nem sempre é fácil a chave para abrir essa porta

Geralmente, nem sempre os fatos da nossa vida, acontecem como gostaríamos. Por esse motivo tenho sempre me perguntado, por que tem que ser assim, para quê acontecem assim? Se pararmos um pouco obteremos uma resposta, ai vamos descobrir que tais fatos não dão certo por que nos deixamos ser conduzidos por nossos sentimentos e impulsos que geralmente são frutos da nossa história no decorrer da nossa vida, situações que não foram bem vividas e muito menos resolvidas dentro nós, até por que não temos o conhecimento de todas as coisas e fatos, naquilo que verdadeiramente eles são; pois a vida é um eterno aprendizado, só que esses nossos impulsos não controlados, nos trazem conseqüências, constrangimentos  e somos incompreendidos; isso por que na verdade outras pessoas também trazem em si seus próprios impulsos, incompreensões e marcas, por que elas também trazem em si sua própria história.

Algumas vezes, determinadas pessoas chegam até nós e manifestam determinadas reações, e sem perceber não sabemos o porquê delas, de repente reagimos somente, impulsionados por algo que é maior e mais forte que está dentro de nós. Daí sabendo dessa força reagente dentro de nós é hora de se avaliar e saber os para quê! Por que é a partir daí que iremos controlar todo o nosso ser, pois quando somos impulsionados por forças que não nos constroem, acabamos minando a nós mesmo e aquilo que temos de bom dentro de nós, por que nossos impulsos não canalizados de maneira correta para Deus é como estar em um campo aberto, sem nenhuma segurança e querer enfrentar um vento há uma velocidade de300 kmpor hora. O resultado depois desse vendaval será muita destruição ou provavelmente não venha restar nada, talvez nem mesmo sinal daquilo que tinha antes naquele lugar. Ao contrário, os nossos impulsos observados, avaliados e controlados, nos trazem autocontrole sobre nos mesmo e nos fazem pessoas melhores, maduras e tranqüilas; para quê assim tenhamos a capacidade de dar uma resposta diferente em relação àquilo que faríamos antes de nos conhecermos. A partir desse conhecimento de si próprio começa a nascer uma pessoa nova, onde os outros serão construídos a partir daquilo que elas passam a ver em nós, em relação a tudo que ela via antes, mas que foi transformado. Mas nem sempre é fácil, a chave para abrir essa porta, é canalizar nossos impulsos para Deus de forma verdadeira e buscar se conhecer, pois se nos conhecemos bem, chegamos a um conhecimento maior e aprimorado de Deus.

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: